Bruno Eugênio

Some 4000 geeks + litros de café free + absurdas horas de conteúdo distribuidas em assuntos como desenvolvimento de software, modding, startups, robótica, astronomia, design, mídias sociais, games, hackatons e uma conexão de 10 GB. O resultado foi a Campus Party Recife, terceira edição do evento na capital pernambucana que rolou entre os dias  23/07 a 26/07 no Centro de Convenções de Pernambuco (CECON).

A arena da #CPRecife3

A arena da #CPRecife3

Desde sua primeira edição em 2012 é sempre uma novela a confirmação da edição “local/regional” da Campus em Recife porém como 2014 é ano político não houve muita surpresa: abriram os cofres para realizar todo o evento em um pedaço do CECON e isso foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para o evento se consolidar por aqui! A experiência foi muito melhor com a integração das áreas da Arena (com cinco palcos temáticos + palco principal + duas áreas de workshops e um cross space) com a área do camping que não gerou aquela sensação de “poxa, preciso andar um bocado agora para tomar um banho” e permitiu que a “zoeira” fosse maior do que nos anos anteriores! Além disso, o espaço da arena foi bem aproveitado com uma boa distribuição das mesas.  Ainda sobre o espaço físico, não sabia que o CECON tinha um ar condicionado que poderia fazer frente a ao Norte da muralha de Game Of Thrones! Que frio da P*** faz naquele lugar, pelo amor de Deus! Voltei doente e se não tivesse levado um casaco teria ido embora no segundo dia 🙁

Já que falei em mesas, vai minha primeira bronca: falta cadeiras na Campus Party! Todos os anos, seja em Recife ou em São Paulo é sempre a MESMA bronca: Se você sair para almoçar, beber água ou ver uma palestra/workshop você pode simplesmente perder seu lugar!!! Também há aqueles que “guardam” lugares largando seus notebooks em cima da mesa e aparecem depois de 6 ~ 8 horas depois e ainda “reclamam” de outra pessoa ter sentado lá, como se fosse fácil arrumar uma cadeira ou ponto de rede funcionando nas mesas… O ingresso dá direito a um ponto de rede, um local na mesa, uma cadeira e uma tomada mas é f*** ter que brigar por esse direito. Enfim…

 

A mensagem bíblica para inibir o roubo de cadeiras... Não sei se deu certo!

A mensagem bíblica para inibir o roubo de cadeiras… Não sei se deu certo!

 

Sobre os conteúdos, também vou precisar ser cético: As palestras em sua maioria são para profissionais em formação ou estudantes. Infelizmente pessoas com mais experiência de mercado, pelo menos na área de desenvolvimento de Software, não conseguem tirar muito proveito dos conteúdos selecionados pelos curadores da Campus Party. Algumas palestras como “GIT Corporativo” e “A Fantástica Fábrica de Deployment” são ótimas para novatos mas mais do mesmo para quem já atua na área há alguns anos como eu. Também pude ver isso se repetindo na palestra “Sete Maneiras de Ser Mais Criativo” que foi uma boa introdução ao Design Thinking porém nada anormal para quem já conhece e aplica seus conceitos no dia a dia.

Mas nem só de palestras vive a Campus Party e a essência do evento é o network e os amigos! Nada melhor do que passar alguns dias ao lado dos brothers desenvolvendo software, jogando games e conhecendo novas pessoas que curtem as mesmas coisas que você! E isso nenhuma rede social vai conseguir reproduzir: estar em contato com pessoas “ao vivo” sempre será o melhor método de compartilhamento de ideias do mundo! Ver as pessoas lá sorrindo, se ajudando, trabalhando juntas e se divertindo juntas é a melhor parte do evento em minha opinião 🙂 Não há avanço tecnológico sem a harmonia entre o homem e as invenções e ainda há um mundo belo fora das incontáveis horas perdidas dentro do Facebook.

IMG_20140726_144857

Angry Birds versão “Post It”

Por fim, ainda participei do hackaton Hacker Cidadão, promovido pela EMPREL junto com o Centro de Informática da UFPE… Não ganhei (e também não sei em qual posição fiquei) porém fiz um app BEM simples que pega os dados de semáforos e aparelhos de monitoramento de trânsito e ajuda as pessoas a reportar defeitos nos mesmos. Bem, preciso de um designer ou aulas de design urgentes porém como foi feito nas pressas e quase não era apresentado fico feliz com o resultado, disponibilizado aqui.

Enfim, foi um excelente evento (ao contrário do ano passado – que foi feito em cima da hora) que deixou uma ótima impressão e com certeza vai gerar expectativas para a próxima edição.

Abraço, e Uooooooooooooooô!

comentários

comments

1 comment on “Campus Party Recife 3 – Maior, Café Free mas ainda falta cadeiras!”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *