Bruno Eugênio

Última semana de 2017 chegando, tenho TANTA coisa pra processar o que foi este ano, mas é assunto para 2018, ou não: não sei se vale a pena falar em detalhes de um ano tão corrido. Deixando de lado o ano que está passando, postarei a minha lista de livros de 2017… confesso que não foi um ano no qual me dediquei a leitura, mas mesmo assim consegui ler bons livros de assuntos como gestão de produtos, matemática, agilidade, negócios e curiosidades. Agora, sem delongas, segue o que merece destaque da minha estante em 2017 – todos os links levam para a Amazon, e eu não ganho um centavo se você comprar:

 

Weapons of Math Destruction: How Big Data Increases Inequality and Threatens Democracy – Cathy O’Neil: Esse livro mostra o lado, digamos, menos glamouroso do Big Data algorítimos de aprendizado de máquina e suas aplicações na sociedade atual – julgamentos de negros como criminosos com base nos dados da população carcerária, da aplicação descriminatória de taxas extras de seguro baseado em “perfis” semelhantes e outras aplicações onde os algorítimos usados são encarados como “vantagem industrial” e não sabemos como essas escolhas são feitas, mas elas estão impactando cada vez mais o mundo que vivemos. Dediquei o ano de 2017 a aprender mais sobre manipulação de dados e ler este livro me fez pensar mais sobre o papel do cientista de dados no mundo hoje. Obrigatório.

 

Product Leadership: How Top Product Managers Launch Awesome Products and Build Successful Teams – Richard Banfield,‎ Martin Eriksson e‎ Nate Walkingshaw: Um excelente livro para aqueles que como eu foram levados para o lado da gestão de produtos. Os autores se preocuparam em mostrar qual é o papel do gerente de produtos (dica: não é um gerente de projetos) e como este papel tem ajudado times a unir a visão de UX, desenvolvimento e negócios em um ambiente lean. O livro é divido em três temas centrais: padrões e visões de grandes gestores de produtos, melhores práticas e estratégias e táticas, trazendo uma visão primária muito boa sobre o tema e sobre a atuação do gestor de produtos em um projeto. Tive sucesso com as dicas deste livro, recomendo fortemente.

 

O Projeto Desfazer – Michael Lewis: Ao contar a história desta amizade que transformou a nossa forma de pensar, Michael Lewis nos ajuda a entender a perigosa influência da memória e dos estereótipos nos nossos processos de avaliação. Além disso, nos mostra que confiar apenas no nosso instinto pode os levar à decisão errada e que a incerteza deve ser levada muito em conta quando estamos tomando decisões importantes. Assim, a história de Amos Tversky e Daniel Kahneman nos dá lições de como fazer previsões, nos ajudando a tomar melhores decisões nas nossas vidas. O estudo completo é relatado em detalhes no fenomenal “Rápido e Devagar: Duas formas de pensar”… Se você leu o Rápido e Devagar, separe um tempo para entender a estória pelo olhar do Michael Lewis, um gênio contando estórias.

 

Sprint: How to Solve Big Problems and Test New Ideas in Just Five Days – Jake Knapp ,‎ John Zeratsky e Braden Kowitz: O pessoal do Google Ventures conseguiu desenvolver um método baseado em práticas do desenvolvimento ágil e design thinking para validar ideias de projetos ou hipóteses em cinco dias. O livro, bem curtinho, é uma ótima leitura para ter aquela resposta “você já viu como o Google valida hipóteses?”. O que posso dizer sobre as práticas? Sim, funcionam! Porém o Sprint, como todo o método da vez, foi mal entendido pelo pessoal e tem muita gente falando sem saber ou sem nunca ter rodado um sprint design na vida. Prosseguimos.

 

Flash Boys – Revolta em Wall Street: Michael Lewis: Esse livro é muito louco e conta a estória de como a bolsa de valores era manipulada com tecnologia de ponta, uma corrida maluca por servidores mais próximos dos grandes centros de trading (Nasdaq, entre outros) e um grupo de outsiders do mercado, liderados por Brad Katsuyama, o primeiro corretor a ir atrás e desvendar como os mercados de alta frequência (HFT em inglês) funcionavam e criar um sistema para “burlar” o que já estava sendo burlado. Tudo isso em 13 milissegundos… Tempo suficiente para empresas como Goldman Sachs recuperar o que vinha perdendo no auge da crise de 2018 – que ela mesmo ajudou a provocar.

 

Como mentir com estatística – Darrell Huff: Um livro escrito em 1954 que fala sobre como andam usando estatística para enganar leitores hoje. Sim, hoje porque o livro é super atual (em especial em tempos da fake news) e fala, com muito humor, como análises, gráficos, estatísticas e números são usados para dar credibilidade a algo duvidoso: quantas vezes ouvimos falar que “A universidade x fez um estudo que aponta que 87,3% da população sofre de y por fazer a coisa z” e nem se deu o trabalho de checar se a universidade em questão publica artigos desta linha de estudo, se o autor é mesmo especialista, o número tão “exato” para termos estatísticos: uma casa decimal para te colocar em dúvida e sair publicando as notícias no Facebook ou no grupo do WhatsApp da família. Livro incrível, vale MUITO a pena.

 

Métricas Ágeis: Obtenha melhores resultados em sua equipe – Raphael Donaire Albino: Um livro sobre métricas em ambientes ágeis e suas aplicações: lead time, burnup de features, work in progress e outras são debatidas neste livro que parte do que métricas podem ajudar a analisar a saúde do seu processo de construção, fornecendo dados históricos reais a partir dos quais é possível projetar cenários para as entregas, tendo um olhar mais concreto sobre o desenvolvimento e o atendimento de demandas. Confesso que ainda não terminei mas se você é Scrum Master, gerente de produto ou product owner, é uma leitura que com certeza vai somar.

 

Implementando o Desenvolvimento Lean de Software. Do Conceito ao Dinheiro – Mary e Tom Poppendieck:
Tinha vontade de implementar um fluxo contínuo onde trabalhava, mas foi melhor não. Reconhecer a maturidade da gestão para métodos lean é o primeiro passo que Mary e Tom Poppendieck falam no livro e reforçam por meio de práticas e estudos de caso que o desenvolvimento Lean é ótimo mas requer coragem e maturidade de todos os envolvidos. É um livro que vai falar sobre Kaizen, desperdício, travas de produção, sistema puxado… Está tudo lá, mastigado e esperando a aplicação dos corajosos que não ficam vendendo a imagem e fazendo outra coisa.

 

De Zero a Um. O que Aprender Sobre Empreendedorismo com o Vale do Silício – Peter Thiel e Blake Masters: Confesso que demorei para ler este livro e me arrependi de não ter lido antes, Peter Thiel é um dos sócios fundadores do PayPal e investidor de risco do vale do silício. Em suas aulas, Thiel defende que o progresso vem do monopólio e a próxima grande sacada não será uma rede social ou um buscador: isso é ir de 1 para n. Se você quer inovar de verdade, deve fazer algo que seja único: sair do zero e ir para um. Peter traz uma visão otimista do futuro no seu livro e passa isso para o leitor. A máfia do PayPal tem sempre bastante coisa pra ensinar.

 

No começo do ano tinha dois desafios claros: entender mais sobre dados e suas consequências no mundo real e dar um salto de qualidade na gestão de produtos, tópico que me interesso cada vez mais hoje. Além disso, entre um livro barra pesada e outro, ler algo que fosse informativo e bem escrito para eventuais conversas de bar, por isso Michael Lewis aparece duas vezes na lista!

 

Em podcasts: O campeão esse ano foi o Xadrez Verbal. Gosto deles pelo simples fato de ser sem firulas, sem gente querendo virar artista. Inclusive dá um banho em muito jornal de Recife com infraestrutura e orçamentos muito superiores. Além do Xadrez Verbal, ouvi bastante o podcast do pessoal do Manual do Usuário (conheci através do amigo João Marcelo, valeu, otário!), HBR Ideacast, Hipsters.tech, Soft Skills Engineering, Eat, Sleep, Code e outros. Dei prioridade aos podcasts em língua portuguesa para apoiar a produção nacional. Recentemente migrei novamente para o Android e estou usando o Player.FM como aplicativo de podcasts.

 

É isso, volto em 2018 com novidades. Prometo.

 

comentários

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *