Bruno Eugênio

Há quem diga que programar será tão útil para as futuras gerações como ler e escrever. E há quem diga que programar é uma arte que não pode ficar restrita apenas aos estudantes de ciências da computação e afins. Escolas primárias pelo mundo já incluíram na sua grade curricular matérias como introdução a computação e programação, robótica e afins. Os governantes do mundo querem que você aprenda a programar.

how-to-pick-the-right-programming-language-d5b0ee46d3

Eu digo: não vale a pena. Aliás, não só eu como alguns especialistas de diversas áreas de estudo. Por quê? É mas fácil aprender a como usar a tecnologia ao seu favor do que ficar tentando aprender algo que não faz parte do seu “Core Business”.

Nada contra aprender a programar para fazer uma automatização no seu PC, criar um app para controlar listas de atividades ou até mesmo informatizar clubes, bibliotecas e afins. Porém, tenha em mente que se você deseja aprender a programar para lançar um negócio saiba que você pode estar perdendo um tempo precioso para conhecer seu mercado, seus clientes e prospectar novas oportunidades. O código? Serei BEM específico: Hoje, se você não for lançar uma aplicação com um sem número de CRUDs (sigla: Create, Read, Update and Delete. As quatro ações básicas de um software) construir uma app é bem mais barato do que se imagina. Há dezenas de freelancers que podem fazer isso por você. Aqui me lembro dos gênios da Apple: Steve Jobs e Steve Wozinak. Woz era o cara do hardware e software e Jobs era o cara dos negócios. Gostaria de ser o Jobs porém estou mais para Woz e aqui vai o meu conselho: Se tiver escolha, seja o Jobs – afinal de contas você vai sempre arrumar um dev para fazer o trabalho por um preço justo. E ponto.

Woz e Jobs: Habilidades distintas somando valor

Woz e Jobs: Habilidades distintas somando valor

Claro, não vou dizer que programar não é bom: É muito gratificante você construir um aplicativo e ver sua cria ganhando o mundo é sem igual, especialmente nos tempos de hoje onde os geeks e nerds estão na crista da onda como os novos hipsters e seus hypes de empresas que valem bilhões como Tumblr e o Facebook, só para citar.

Ainda assim, há quem quem diga que ainda tem interesse em aprender a programar. Ok, porém nem tudo são flores. Primeiro de tudo, não é fácil! Sério, você vai perder horas e mais horas tentando configurar um ambiente de desenvolvimento, que é uma tarefa que NENHUM dev gosta de replicar. Depois de montado o ambiente, mais inúmeras horas aprendendo os conceitos básicos de programação atuais como Orientação a Objetos, Padrões de Projeto e afins você pode se desanimar se não entender bem tudo aquilo e começar a achar o seguinte: “poxa, uma criança aprende, e eu não? Será que não sou tão inteligente assim?” Se poupe disso, devs realmente estudaram e a GRANDE maioria dos estudantes de TI desistem nos dois primeiros períodos do curso. Você não é tão burro assim, apenas programar não é a sua área. Se você conseguir fazer o básico aparecer na tela, hora de seguir um tutorial e ai vem a pior das pedras no sapato dos novos aspirantes a devs: Tutoriais não explicam o que acontece por “debaixo dos panos” e ai vem outra parte frustrante que é “eu segui o tutorial mas não consigo fazer nada além dele…” E ai o loop fica infinito.

Apesar de tudo isso ficou interessado em aprender a programar, por hobby? Minhas dicas são:

Aprenda de baixo para cima: Conceitos  básicos ANTES de frameworks. Já vi gente aprendendo a programar com Ruby on Rails, por que Rails está na moda.

Dedique um tempo para treinar a paciência: Programas não são mágica. Você vai aprender que 80% do tempo de um programador é a observação e análise do código.

Não colecione livros e apostilas: Pesquise em forums como o StackOverflow e Quora BONS materiais e pegue no máximo dois livros para referência. Quanto mais material você junta, menos você estuda de fato.

Comece aplicando o K.I.S.S: Keept It Simple, Stupid. Não queira fazer uma app para salvar o mundo de primeira, comece dizendo “hello world” humildemente. Programação uma das coisas mais frustrantes que existem quando os resultados não aparecem.

Finalizando, não vale a pena aprender a programar para criar um negócio. Na Índia é baratinho desenvolver software, no Brasil também. Aprenda se a skill for somar no seu dia a dia.

Para saber mais:

Don’t Believe Anyone Who Tells You Learning To Code Is Easy.

Learn Ruby with This Collection of 29 Great Online Courses and Tools 

Agradecimentos especiais a Lucas Noleto (vulgo Pottersky) com a dica do link do TechCrunch 🙂

comentários

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *